quinta-feira, 23 de junho de 2011

Apple será 'a indústria de games', prevê Phil Harrison



Phil Harrison, ex-diretor da Sony Computer Entratraniment e da Atari  e agora um dos diretores do serviço de games nas nuvens Gaikai, falou à revista inglesa Edge  sobre o futuro das indústrias de games e tecnologia. Sem muitos rodeios, o executivo disse que a Apple pode se tornar a empresa dominante no mercado.
“Nessa trajetória, se você extrapolar os ganhos de ‘market share’ pelos próximos dez anos, se eles continuarem com esse crescimento desenfreado, então há uma boa chance de que a Apple se torne a indústria  de jogos.”
Harrison também prevê que, no futuro, os games serão mais ou menos como hoje: consoles, controles (sejam eles de movimento ou não) e monitores ou televisões. Só que monitores e televisões serão muito mais modernos do que os atuais, com resoluções absurdas, sensibilidade ao toque e até mesmo a capacidade de apresentar dados biométricos do usuário. Basicamente, a mesma proposta do abandonado Wii Vitality Sensor, só que muito mais moderno.
“Eu acho que vai haver uma indústria própria surgindo a partir de ‘dados biométricos pessoais’ em que, como ser humano, você terá maior controle de sua própria saúde e bem-estar obtendo dados de seu próprio corpo”.
>> Phil Harrison e o futuro dos games [Edge, em inglês]