quinta-feira, 9 de junho de 2011

As ultimas sobre a invasão da PSN


Hoje a PlayStation Network está de pé, mas ela ficou quase um mês fora do ar. Os servidores da Sony foram invadidos, mais de 70 milhões de contas foram comprometidas. Mas a empresa ainda parece estar longe de pegar os responsáveis pelo ataque.
“Nós sabemos que a informação foi acessada”, disse Kaz Hirai, presidente da Sony Computer Entertainment, em entrevista à BBC. “Não sabemos que partes dessas contas foram levadas dos nossos servidores”. Isso quer dizer que os hackers podem ter roubados tanto os dados completos dos usuários quanto os quatro primeiros dígitos dos números de telefone, por exemplo.
“Pode ser toda a informação das contas”, acrescentou Hirai. “Nós simplesmente não sabemos“.
Isso não é tudo que a Sony não sabe. Hirai disse que os intrusos foram “muito bons” em cobrir seus rastros ao sair dos servidores.
“Podemos não saber por um longo tempo, ou podemos nunca saber”, disse o executivo, que concluiu, dizendo que a empresa aprendeu a ser “muito cuidadosa” com informações de cartão de crédito.
A entrevista em vídeo está disponível na íntegra, em inglês, no site da BBC.
>> Kaz Hirai e a segurança da PSN [BBC, em inglês]