quinta-feira, 23 de junho de 2011

Hacker do PS3 vai ver o sol nascer quadrado!


O hacker americano George Hotz virou notícia com seus malabarismos para trazer o Linux de volta ao PlayStation 3, mas ele foi só um entre muitos que trabalharam pelo mesmo objetivo. E apesar de Hotz continuar livre, alguns de seus companheiros não tiveram a mesma sorte.
É o caso de Alexander “graf_chokolo” Egorenkov, cuja casa foi revistada pela polícia em fevereiro. Ele escreveu em seu blog que, como não tem mais dinheiro para lutar contra a Sony na Justiça, ele “vai para a cadeia em breve porque não tem como pagar os custos do julgamento”.
Da última vez que ouvimos falar de Egorenkov, ele estava sendo processado pela Sony na ordem de um milhão de euros, o que dá mais de R$2 milhões na cotação de hoje. Isso é, obviamente, uma quantia que nenhum humano normal pode pagar, e por isso ele está se preparando para a pena alternativa.
Até que um juiz dê a sentença, Alexander não vai para lugar nenhum, mas isso serve como lembrete que, se você quiser fazer o que muitos vêem como a coisa certa, é preciso estar preparado para lutar. Porque as empresas do outro lado sempre terão muito mais dinheiro e advogados que você.
No mesmo comentário, Egorenkov, que disse logo depois da invasão não ter raiva da Sony, disse: “Mas estou pronto para assumir a responsabilidade de tudo que disse e ir para cadeia por isso também. O importante não é vencer, o mais importante é mostrar para eles que estamos prontos para lutar, e que eles não podem me assustar tão fácil. Sim, estou pronto para ir para a cadeia por minhas crenças e princípios”.
>> Hacker na cadeia? [graf_chokolo, em inglês, via Edge]