segunda-feira, 13 de junho de 2011

Segundo sites SONY venceu a E3 2011










E3 2011 acabou e depois de uma semana com grandes novidades no mundo dos games a pergunta que fica é qual das três grandes empresas venceu a conferência mais importante do ano. Enquanto a Microsoft mostrou em sua conferência diversos jogos multi-plataforma, novidades como YouTube (Que já temos no PS3) eBing e muitos jogos de Kinect, a Nintendo trouxe um novo console em uma confusa apresentação que deixou todos os jornalistas na dúvida se o Wii U era um novo console ou um novo controle, enquanto isso a Sony não trouxe nenhuma novidade bombástica mas mostrou muitos jogos exclusivos e apresentou oficialmente o PlayStation Vita e por isso, em nossa opinião, foi a grande vencedora da E3 2011.
Como todos esperavam, ao iniciar a Conferência da Sony, o Presidente da Sony América e CEO Jack Tretton falou sobre as dificuldades que a empresa sofreu nos últimos meses com a invasão e desligamento da PlayStation Network e se desculpou a todos os jogadores que passaram por momentos de irritação com este problema. Foi um ótimo pedido de desculpas e uma ótima forma de começar a Conferência, reconhecendo os erros e se desculpando com os consumidores.
Jack Tretton ainda ressaltou que 2010 foi o melhor ano do PlayStation 3 e mesmo com os problemas da PlayStation Network os números do PlayStation 3 em 2011 já estão próximos ao de 2010, com cerca de 6 meses de antecedência. Entretanto, Tretton não entrou no mérito de consoles vendidos, o que poderia ser feito para mostrar aos consumidores o quanto a Sony está crescendo com seu console. Para vocês terem uma ideia, o Xbox 360 da Microsoft está no mercado à 66 meses e, segundo números revelados em abril, já vendeu 55 milhões de unidades em todo o mundo. O PlayStation 3 por sua vez está no mercado à 54 meses e já vendeu cerca de 50 milhões de unidades. Entretanto, a média mensal de vendas do PlayStation 3 em 2010 foi de 926 mil unidades enquanto o Xbox 360 teve uma média de 833 mil consoles vendidos. Esta diferença indica que muito em breve o PlayStation 3 se tornará o segundo console mais vendido da geração, atrás do Nintendo Wii.
Mas colocando de lado a possibilidade de apresentar tais números, a Sony separou a sua conferência em duas partes, a primeira para falar de jogos exclusivos do PlayStation 3 e a segunda para falar do sucessor do PlayStation Portable (Vulgo PSP), o PlayStation Vita. Acertadamente a Sony não falou do PlayStation Portable e do PlayStation 2, que estiveram presentes até o ano passado.
De Uncharted 3: Drake’s Deception e Resistance 3 à Starhawk e Sly Cooper 4, a Sony mostrou experiências que só podem ser feitas em seu console. Lógico que não tivemos grandes novidades, pelo menos pensando em softwares para o PlayStation 3, mas todos os títulos mostrados criaram grande expectativa para os donos de um PlayStation 3. Foi quase uma dúzia de jogos exclusivos mostrados na conferência, incluindo as coleções em alta definição. Além disso, The Last Guardian e Twisted Metal, jogos muito aguardados, nem fizeram parte da conferência da Sony, mostrando como o console está recheado de jogos exclusivos.
Depois veio a simpática figura de Kaz Hirai com a revelação do PSV - PlayStation Vita. O nome pode não te agradar, mas, depois do anúncio, “Vita” e “PSV” estão se tornando mais comuns, ainda mais com a ajuda da Nintendo que conseguiu achar um nome pior do que Vita com Wii U. Porém o mais importante é que a Sony mostrou ter aprendido com os erros cometidos pela Nintendo no lançamento do 3DS, quando não existiam jogos interessantes para convencer os jogadores da compra do novo aparelho. A Sony não tentará vender o PlayStation Vita pelo simples fato dele ser o sucessor do PlayStation Portable. Além das diversas funções não relacionadas com os jogos, possibilidades de conquistas de troféus e integração com o PlayStation 3, o maior atrativo do PlayStation Vita serão seus jogos que chegarão junto com o lançamento do console, incluindo Super Stardust DeltaUncharted: Golden Abyss e LittleBigPlanet, todos exclusivos.
Depois da Conferência da Sony, até os jogadores mais céticos em relação ao PlayStation Vita mudaram de ideia. Ver jogos como Uncharted: Golden Abyss em um portátil com a mesma qualidade vista no PlayStation 3 é simplesmente incrível.
Tudo isso não seria suficiente se o novo portátil fosse muito caro, mas a Sony novamente acertou em colocá-lo à partir de U$249 com Wi-Fi e U$299 com 3G e Wi-Fi. O preço inicial é o mesmo oferecido pela Nintendo com o 3DS e depois deste anúncio muitos jogadores estão pensando duas vezes antes de comprar o portátil da Nintendo. Nos Estados Unidos a versão 3G será oferecida pela AT&T, o que não agradou todos que estavam na conferência, mas isso não é um fator relevante para nós brasileiros, até mesmo porque esses detalhes ainda não foram definidos pela Sony Brasil. Eu mesmo irei optar pela versão apenas com Wi-Fi visto que hoje diversos celulares podem criar redes sem fio com suas conexões 3G.
Quando comparamos o desempenho das três grandes empresas na E3 2011 é claro que a Sony é a grande vencedora, trazendo jogos de verdade aos jogadores de verdade. A Microsoft ainda tenta convencer os jogadores hardcores que o Kinect é fundamental (Mais na verdade o LEG mata o Kinect) e a Nintendo mostrou um console de nova geração que na verdade é um console da atual geração com cinco anos de atraso. Mas se você é um jogador de verdade, como eu, é difícil negar perante todos os fatos que o PlayStation 3 e o PlayStation Vita são os consoles mais empolgantes do momento e do futuro.