quarta-feira, 6 de julho de 2011

Square Enix pegou quem vazou Deus Ex: Human Revolution



Uma versão preliminar de Deus Ex: Human Revolution contendo parte do início do jogo vazou nos sites de torrent no começo de maio. A Square Enix, que distribui o jogo, não tinha se manifestado, mas vinha caçando silenciosamente os responsáveis.
Agora ela acredita que os encontrou, e então levará quinze cidadãos italianos aos tribunais.
Em parte do processo registrado em junho em Washington, a Square Enix acusa o grupo de ter invadido os servidores da empresa que armazenavam a demo de Deus Ex, usando para isso informações de acesso usadas por uma revista de games italiana (chamada GMC), copiado os arquivos e divulgado na internet.
A GMC não parece ter qualquer culpa implícita, uma vez que o caso diz que a invasão veio de um endereço de IP que nada tinha a ver com a publicação ou o jornalista que tinha acesso aos arquivos.
Como reparação por quebra de direitos autorais e oturos prejuízos, a Square Enix pede “mais de US$5 mil”.
A versão final do jogo sai em 23 de agosto para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.
>> Square Enix contra os hackers [Patent Arcade, em inglês]