segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Camisas de futebol com patrocínio de videogame



Às vésperas do início da temporada 2011/12 do futebol europeu, o Campeonato Brasileiro vai esquentando e até mesmo Ronaldinho Gaúcho voltou a fazer gols. E com as novas capas de FIFA 12, já temos motivos suficiente para falar de futebol.
Mas além dessas conexões mais óbvias entre o esporte da vida real e os jogos baseados nele, temos uma outra relação curiosa. É história das empresas como Sega e SONY aparecendo nas camisas de alguns dos maiores times do mundo.
Não que isso seja bom, necessariamente. Existe um motivo pelo qual times de futebol são patrocinados por corretoras de seguro e cassinos chineses: trata-se de um negócio fora de moda. Os patrocinadores pagam dezenas, algumas vezes centenas de milhões de dólares pelo “privilégio” de estamparem o peito de alguns dos atletas mais bem pagos do mundo. Enquanto os otimistas diriam que o ganho com isso é “pequeno”, os realistas arredondariam a conta para “zero”.
Na galeria a seguir estão alguns dos exemplos mais marcantes de marcas de videogame nas camisas de futebol. Do estiloso ao “nem tão legal assim”, do bem sucedido até o mais ou menos fracassado.