segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Coreia do Norte acusada de Invadir a SONY e agora ela está Completamente OFF-LINE! Seria uma resposta Americana?

Kim Jong-un usa computador na Coreia do NorteNos últimos dias, a internet da Coreia do Norte passou por diversos problemas de conectividade. Agora, de acordo com um pesquisador, ela saiu do ar. Isto pode ser o resultado de um ataque cibernético.


A Coreia do Norte sofre com quedas de conexão o tempo todo, em parte devido à sua infraestrutura precária. No entanto, alguns especialistas acham que esta instabilidade é diferente.

“A situação agora é que eles estão totalmente off-line… isso não é normal para eles”, diz Doug Madory, da Dyn Research, à Bloomberg. Ele afirma ao New York Times que “as redes deles estão sob pressão, em um padrão consistente com um ataque DDoS em seus roteadores”.

Antes, Mardory disse ao site North Korea Tech: “eu nunca vi tanta instabilidade e paralisação constante nos domínios .kp da Coreia do Norte. Normalmente há quedas isoladas, não problemas de conectividade contínua. Eu não ficaria surpreso se eles estivessem sofrendo algum tipo de ataque.”

A queda acontece dois dias depois que os EUA pediram à China para ajudar a impedir que a Coreia do Norte continue a realizar ataques hacker, após o FBI culpar o regime de Kim Jong-Un de invadir a Sony Pictures.

Se esse ataque for mesmo real, quem estaria envolvido? Bem, o presidente Barack Obama prometeu que os EUA responderiam “de forma proporcional” à suposta investida da Coreia do Norte. Obama diz à CNN que a invasão hacker não foi um “ato de guerra”, e sim um “ato de cibervandalismo”. Será este o contra-ataque americano?

Enquanto isso, a China apenas disse que irá investigar o papel da Coréia do Norte na invasão à Sony Pictures. Ela está cautelosa por ser uma parceira do país recluso.

O NYT explica que a Coreia do Norte tem oficialmente apenas 1.024 endereços IP (contra bilhões dos EUA), e muitos usam rotas que passam pela China Unicom, a estatal chinesa de telecomunicações.

A Coreia do Norte nega qualquer envolvimento no ataque à Sony Pictures, e propôs ajudar os EUA em uma investigação conjunta para provar que o país não tem nada a ver com os ataques. No entanto, eles reagiram de forma beligerante às acusações, ameaçando atacar a Casa Branca e “todo o território dos EUA, aquela fossa de terrorismo”. [New York Times, Bloomberg, North Korea Tech]

Foto via DPRK
Fonte Gizmodo