terça-feira, 31 de maio de 2011

Que tal começar a pagar mensalidade pra jogar call of duty on line?

Não é de hoje que circulam rumores sobre um possível serviço de assinatura mensal relacionado à série Call of Duty. Esse rumor, segundo o Wall Street Journal, virou realidade.

Ele é o “Call of Duty Elite”, serviço que vai funcionar a partir de novembro e será parte tanto de Modern Warfare 3 quanto de Black Ops  e dos próximos jogos da série. O Elite dará aos assinantes acesso a itens não disponíveis para consumidores “comuns” que pagarem apenas pelo disco.
O que é importante notar é que ninguém será forçado a pagar para poder entrar no multiplayer. O próprio Call of Duty Elite  “enquanto software” também não vai custar nada. A ideia é cobrar – não se sabe quanto – apenas pelo acesso a novos conteúdos. Entre esses bônus estão ferramentas que servem para os jogadores analisarem seu desempenho em campo, pacotes com mapas e várias ferramentas de comunidade como formação de clãs, compartilhamento de vídeos, informações sobre os equipamentos preferidos de cada um, entre outros.
Ainda segundo a reportagem do Wall Street Journal, a Activision ainda “não sabe” o quanto vai cobrar para que um jogador comum vire membro dessa elite. Ainda assim, eles esperam que essa mensalidade seja menor que a de outros serviços como o Netflix, que cobra US$7,99 por mês. Bobby Kotick, o presidente da empresa, disse que seria impossível manter um serviço como esse se ele fosse grátis.
Call of Duty: Modern Warfare 3 tem lançamento previsto para 8 de novembro com versões para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.
>> Mensalidades em Call of Duty [Wall Street Journal, em inglês]